Cinzas

Foi uma folia meio triste, como tem sido sempre, a gente desliga um pouco a consciência e brinca, porque só nos resta o deboche – e o álcool, mas essa é outra conversa. Dias de liberdade enclausurada, um respiro da carga mental de quem nunca pode deixar de pensar nesse outro que depende que você esteja sempre atenta. Então me fantasiei de mim mesma e brinquei. Hoje o ano começa, Helena, e não sei mais nem quem sou. Seguimos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s