Wandinha

Fim de férias, resolvi escrever sobre assuntos que me mobilizaram no último mês. A série Wandinha, por motivos óbvios, foi uma delas.
Não é fácil sobreviver ao crivo do tempo, mas a interpretação de Raúl Juliá e Anjelica Huston, o casal-delícia Gomez e Mortícia, arrasa no desejo e admiração, numa relação pautada pelo respeito. Essas características se mantêm na série e podem ser também um dos motivos do desenvolvimento intelectual de Wandinha. Mesmo sendo diferentona e tendo passado por várias escolas, sua inteligência e paixão pela escrita não foi abalada.
Wandinha se destaca em diferentes áreas, seja na ciência ou na música, e pretende desbancar Mary Shelley, que publicou Frankenstein aos 19 anos e é considerada precursora da literatura de ficção científica. Aos 16 anos, Wandinha é disciplinada e decidida e aparenta não se importar com o fato de continuar sendo excluída entre os excluídos, esquisita e sem relações de amizade.
Na vida real, as coisas não funcionam bem assim. Garotas são sobrecarregadas desde a infância com o peso do trabalho doméstico, além de criarem muito cedo a percepção de que meninos são mais inteligentes e têm maior destaque nos estudos. O viés de gênero (assim como o de classe e raça) é determinante na forma como as meninas percebem seu lugar no mundo e as possibilidades de atuação na sociedade.
Apesar de serem a maioria nos bancos escolares, a presença feminina nos campos da ciência, da arte e da literatura ainda é pequena. até chegarem à adolescência, meninas já enfrentaram toda a sorte de preconceitos e abusos.
Na idade adulta, soma-se o obstáculo da síndrome da impostora, que faz com que mulheres coloquem suas capacidades intelectuais constantemente em dúvida e se sintam incapazes, uma fraude a ser descoberta a qualquer momento.
Fico feliz de ver produtos com mensagens positivas para meninas, que cresçam com um repertório de possibilidades sobre ser inteligente e ser diferente, fugindo das amarras da beleza como único destino.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s