Clube das Desquitadas

Nos últimos anos várias amigas e amigos se separaram. Sempre conversamos sobre como é o processo de luto (e suas fases: negação-raiva-barganha-depressão-aceitação) e superação. A ideia para esse post surgiu quando abri minha pasta de memes e percebi que todas as fases da minha separação estavam representadas ali.

Então hoje vamos falar sobre as “Fases do Clube das Desquitadas”. Se você ainda não faz parte de um, se prepare e salve esse post. Porque todo mundo leva um pé um dia na vida (ou vários, em sequência, como foi o meu caso) e precisa de um apoio moral pra sair da lama.

1. A primeira regra do Clube das Desquitadas é: você fala sobre o Clube das Desquitadas.

#reclama #sofre #chora #clubedalutaéfichinha

Toda pessoa adulta já teve o coração partido alguma vez na vida e tem uma história triste pra contar. É claro que se você é como eu, alguém que odeia gente, fica difícil reunir um Clube das Desquitadas. Mas faça um esforcinho.

tenor

Passar por todo esse processo sozinha piora muito o quadro de infelicidade, então reúna sua galera e abra seu coração. Talvez você precise de ajuda profissional e vamos combinar que processos terapêuticos são fundamentais para manter a sanidade em qualquer fase da vida. Mas, de qualquer jeito, falar ajuda muito e nessa hora vale tudo: chorar, gritar, se jogar no chão, rezar, jogar tarô, búzios, beber, correr, ficar deitada em posição fetal. Qualquer coisa que te permita extravasar e processar o que está sentindo.

Você vai acabar falando, de um jeito ou de outro. Seja para o porteiro que te deseja bom dia ou para as pessoas que chegam no inbox perguntando: Oi, tô vendo teus posts, tá tudo bem?

3

2. Separei, e agora?

#Fudeu #Socorro #OlhaessaMerda #Meumundocaiu

tenor (1)

Daí você tá lá, felizona na sua vida adulta, nem sempre tá bom, mas também não tá ruim, paga uns boletos, faz planos, assume prestações a perder de vista. Fechada para o “mercado”, nem olha pro lado, pensando: nossa, nunca vou me separar porque dá um trabalho do cão conhecer alguém, toda uma vida de date ruim. Tá bom assim, né? Tem sexo de qualidade (nem sempre, mas quando a gente tá solteira também não tem e nem de qualidade é), tem netflix, cobertor de orelha, o pacote completo. Nunca vou me separar.

4

Separar é sempre horrível. Não importa o motivo ou quanto tempo durou, é sempre doloroso. A gente se sente um lixo, acha que devia ter feito diferente e fica, em looping eterno, perguntando o que fez de errado. Mesmo quando a decisão é sua, porque viu que não havia mais nada naquela relação.

A autoestima desaparece por completo e você só quer morrer. Afundada na merda, como a Glorinha.

3. A Bad

#Morta #ChoroInfinito #Álcool #PlaylistdaBad

Não há como fugir, toda separação tem uma fase da bad. Ou muitas. Você vai chorar, vai beber, vai chorar de novo. Em casa, no banho, no trabalho, na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê. Eu quase chorei na aula.

5

É bom avisar algumas pessoas do trabalho, porque terá que lidar com coisas da vida adulta como quem vai morar onde, quem fica com os filhos ou os gatos, os livros, os discos, quem paga os boletos. O preço do divórcio. Peça ajuda, sempre que possível, não adianta bancar a superior que não está nem aí pra nada.

7

Organize a sua playlist porque serão muitas noites all by myself, se sentindo miserável. E é assim mesmo, tem que viver o luto para poder superar. Uns duram mais, outros menos, mas vai ter uma longa etapa de dor e sofrimento. Prepare-se. Faça uma escala com amigues do Clube das Desquitadas, principalmente em datas especiais como aniversário de casamento, dia dos namorados, ou quando sentir que a barra tá pesada demais.

tumblr_inline_n565rxODBc1qcttam

Quem já passou por isso conhece todas as fases e sabe que, algum dia, as coisas vão melhorar. Não agora. Vai demorar. Vai ter luto, vai ter tristeza, vai ter recaída (sempre rola um revival), vai ter raiva e quebra pau.

18

Você vai se enfiar em várias roubadas, mas com alguém pra te dar suporte e segurar o rolo de papel higiênico enquanto você chora e o nariz escorre, ou segurar o cabelo enquanto você vomita porque bebeu demais, fica muito mais fácil. Se a sua BFF também se separou (como aconteceu comigo), serão duas lokas se revezando no choro. É ruim, mas com alguém do lado sempre melhora, principalmente na hora da vontade de mandar mensagem bêbada na madruga.

8

4. Dating

#TindãodaDepressão #+bad #bad² #faixaetária #queria★morta #nuncamaisvoutreparnavida

9

Daí você acorda um dia e pensa: sexo. Preciso de sexo. Não tenho nem autoestima pra aparecer em público, estou sem comer e sem dormir direito há meses, mas uma boa trepada vai resolver todos os meus problemas nesse momento.

16

Reza a lenda que depois da separação o ideal é acionar os contatinhos que você já pegou alguma vez na vida. O problema é que você passou anos numa relação e há zero @s na sua lista. E as pessoas estão todas casadas. Ou namorando sério. Ou morando no Canadá (as melhores @s moram no Canadá).

17

Nenhuma perspectiva de sexo em vista, você faz o quê? Entra no Tinder. Escolhe as fotos menos piores, aquelas que não dá pra ver direito, faz uma descrição honesta, tipo “Pra ser sincera sou bem chata”, pra não enganar ninguém e manda ver. Ok, perfil pronto. Você olha as fotos que vão aparecendo e quer morrer. Sozinha, óbvio, com a certeza de que nunca mais vai transar na vida.

10

Sem contatinhos e sem sexo você vai tocando a vida. Parece que todas as pessoas a sua volta estão felizes e vivendo vida de contos de fadas. Todo mundo tem um grande amor, come bem, viaja o mundo e você enchendo a cara, de roupão, abraçada com os gatos escutando a playlist da bad. Barranco abaixo. Mas, como não há desgraça que dure para sempre, um dia aparece uma criatura interessante. Pode vir de inbox, dirigir o uber, te encarar no bar ou comentar o preço do tomate na feira do sábado de manhã. Você não sabe o que fazer e muito menos o que falar.

12

Até se acostumar com a rotina do flerte, você vai perder várias oportunidades. Como não temos em mãos um cartão escrito “Eu daria pra você”, temos que manter a civilidade e seguir as regras de convívio social: conversa, flerte, date, sexo.

11

Aí você vai colecionando matches, curtidas, cutucadas e até um sexting aleatório. No começo você vai se sentir ridícula, mas aos poucos pega o jeito. Conseguir manter uma conversa digna, encarar sem babar o drink e não falar algo tosco já de cara é uma arte a ser cultivada.

14

Para quem é um meme ambulante como eu, leva algum tempo. Não há tutorial de flerte que funcione, não caia nessa. O esquema é se sentir minimamente segura para interagir com outra pessoa e aprender a ler os sinais. Nem sempre chegar chegando dá certo, precisa de um certo tempo (e uma paciência de Jó) e muito feeling.

15

Eventualmente vai rolar. Vai ser estranho, você pode ter vontade de sair correndo, ficar com medo de chorar no meio da transa, cair da cama (se estiver muito bêbada), ter uma super expectativa que não se concretiza.

Sua performance também pode não ser lá essas coisas, leva tempo pra acostumar. Você terá alguns dates bons, conhecerá pessoas legais, fará novas amizades na balada. Terá também dates péssimos, com pessoas esquisitas. Se você se relaciona com homens cishet a chance é maior de dar ruim. Mas né? C’est la vie. Faz parte do jogo. Manter baixas as expectativas também ajuda a não se sentir uma fracassada a cada date furado. E eles vão acontecer. Pelo menos depois de um tempo você terá histórias engraçadas para compartilhar na mesa do bar. Eu, que coleciono dates fracassados há uns 30 anos, tenho várias.

4.1 Embustes

#Fuja #CorraLoko #BoyLixo

Abrimos um parênteses aqui para um aviso importante. Não importa qual a sua orientação sexual, fuja de relacionamentos tóxicos. Você já está fragilizada e vulnerável, a possibilidade de se envolver com alguém lixo é grande. Essa foi a primeira coisa que eu descobri após a separação: as pessoas escrotas continuam sendo escrotas, não importa se têm 30, 40 ou 50 anos.

Então, deixo aqui uma lista com o perfil de 10 tipos de embuste. Eu acho que existem bem mais, e acrescentaria pelo menos o Embuste Combo: aquele que reúne várias características em uma só criatura. Conheci um 9/10- quase um bingo. Não recomendo.

5. Aceitação

#Vaidartudocerto #Seguraesseforninho

Quando terminamos uma relação deixamos uma parte de nós para trás. Esse vazio fica ali por um bom tempo. Até que começamos a nos enxergar de novo, a nos descobrir. Encontre algo que você gosta muito e se dedique a isso. Faça algo novo, descubra quais são os seus sonhos.

45302325_2209913675955257_7624685321229172736_n

Vivemos tempos difíceis e é preciso muito autocuidado para dar conta de tudo. Nem sempre vai estar bom, mas logo já não estará mais tão ruim. Talvez você se relacione de novo, ou não, não importa. Se você chegou até aqui é porque sobreviveu a 100% dos seus piores dias. Parabéns, Guerreira, você é uma musa maravilhosa. E vai descobrir isso aos poucos. Recuperar a autoestima dá trabalho, mas vale a pena.

47423401_2270888326300875_3392816437746728960_n

E mantenha seu Clube das Desquitadas sempre por perto. Você vai se divertir muito ❤

4 pensamentos sobre “Clube das Desquitadas

  1. Mulher, EU AMO VOCÊ! !!!
    Desde que te descobri com o texto Nao me chame de guerreira (acho que era esse o titulo) leio tudo que escreve. Seu texto é profundo, revolve sentimentos muito fortes, as vezes triste, e muitas vezes mostra o ridículo e patético que todos temos. Expõe nossas angustias e orgulhos com ironia e acidez.
    Suuuuper acho que preciso te pagar um almoço qualquer dia desses… Parabéns!

Deixe uma Resposta para HELEN CRISTINA DE SOUZA LIMA Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s